Você se sente cansado demais para fazer sexo? Sono regulado contribui para o desejo sexual?

A ciência mostrou que é um ciclo vicioso: a falta de sono prejudica a vida sexual e a falta de sexo afeta o sono.

Após o orgasmo, o corpo libera hormônios como oxitocina e dopamina, substâncias envolvidas no prazer e no bem-estar, que proporcionam sensações que estimulam um sono melhor. E dormindo melhor aumenta a libido.

“Quem sofre de distúrbios do sono – como apneia – ou dorme pouco apresenta baixa da libido e piora na qualidade das relações sexuais, porque há uma alteração negativa na liberação dos hormônios que comandam o desejo sexual, como a testosterona e o estrógeno”, afirma o neurologista Fernando Morgadinho, especialista em medicina do sono e professor adjunto de neurologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

A falta de sono provoca uma queda na circulação e na frequência cardíaca, o que é uma má notícia para quem quer fazer sexo: a vascularização sanguínea fica direcionada ao coração, aos rins e ao cérebro. Ou seja, não “sobra” sangue para uma ereção ou para a lubrificação feminina no nível necessário para uma boa relação sexual.

Dormir bem, portanto, é interessante para evitar problemas nas próximas noites íntimas.

Além disso, a psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade da Universidade de São Paulo (USP) e presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria, ressalta que o bom sono de hoje pode garantir a qualidade do sexo de muitos anos à frente.

Mas não dá para fazer sexo quando se está com sono? Claro que dá, mas dificilmente será sexo de qualidade, aquele que deixa todo mundo feliz. “No ‘sexo cansado’ as chances de sentir e mesmo de dar prazer são muito menores”

E fazer sexo bom ajuda a dormir? “Existem duas coisas boas que podem ser feitas na cama para relaxar: dormir e sexo”, diz Morgadinho. Ele explica que o sono é melhor depois do orgasmo por causa da liberação do hormônio prolactina, que diminui a ansiedade e facilita o início do sono.

No entanto, o sexo não é a única saída. Depois de um dia intenso e cansativo, apenas dormir junto com o parceiro pode ajudar a liberar oxitocina, melhorando também a qualidade do sono.

E aí, foi bom pra você?