Você já começou a dormir e de repente percebeu que estava em um sonho?

Já conseguiu controlar a narrativa dos seus sonhos? Se sua resposta for “sim”, você experimentou o que é chamado de sonho lúcido.

O nome revela bastante sobre a experiência: estar dormindo mas ter consciência do que está acontecendo. Algumas pessoas conseguem até conduzir o sonho de acordo com a sua vontade. Isto faz do sonho lúcido uma experiência curiosa para muitos porque por meio dele se torna possível explorar o mundo onírico com plena consciência.

Um estudo realizado no Brasil entrevistou 3.427 participantes com idade média de 25
anos. Os resultados da pesquisa indicaram que 77% dos entrevistados haviam
experimentado o sonho lúcido pelo menos uma vez.
Existem muitas técnicas que são utilizadas por pessoas que querem tentar alcançar sonhos lúcidos ou que querem aperfeiçoar suas experiências de sonhos lúcidos.

O primeiro é conhecido como “teste de realidade”

Isso pode envolver verificar se você está sonhando tanto na vida real
quanto durante um sonho. Por exemplo, uma pessoa pode se perguntar “estou sonhando agora?” e fazer sua mão passar por uma parede sólida.
Na vida real, a parede permanecerá sólida e impenetrável, enquanto em um sonho a mão passará facilmente. 

Outra “verificação da realidade” é reler uma linha de texto.

Na realidade, se lermos o texto em um cartaz, por exemplo, ele permanecerá o mesmo
quando o relermos. Já em um sonho, no entanto, o texto mudará constantemente. Conduzir esses experimentos repetidamente ao longo do dia pode tornar mais fácil lembrar de conduzi-los durante um estado de sonho, permitindo assim, que o sonhador ganhe consciência do sonho.

Notavelmente, sonhadores “lúcidos” podem aprender a conscientemente remodelar seus sonhos enquanto sonham e dão origem a profundas experiências de sonho. Já existem até estudos sobre a emergente ciência do sonho lúcido e revelam o poder potencial de usar sonhos lúcidos para melhorar o desenvolvimento psicológico e o bem-estar das pessoas.